Fernando Sousa

Personal Fitness Coach


1 Comentário

Estudo comparativo entre os parâmetros de altura do selim e distância entre o selim e o guiador em atletas infantis e juvenis de ciclismo de estrada

A importância da qualidade das escolas de ciclismo no desenvolvimento da modalidade obriga a que exista nessas escolas um ensino de qualidade. Mas sem uma bicicleta ajustada ao ciclista nunca haverá qualidade.

Entendeu-se fazer um estudo sobre dois parâmetros que consideramos essenciais no ajuste de uma bicicleta de ciclismo de estrada. A altura do selim e a distância do selim ao guiador. Utilizou-se a metodologia preconizada por José Luís Algarra e Antxon Gorrotxategui (1996) e testaram-se numa primeira avaliação 79 atletas, sendo 30 atletas do escalão infantil (10-12 anos) e 49 do escalão juvenil (13 e 14 anos). Na segunda avaliação testaram-se 75 atletas, sendo 29 atletas do escalão infantil (10-12 anos) e 47 do escalão juvenil (13 e 14 anos). Estes atletas pertenciam às escolas de ciclismo da Zona A.

No tratamento estatístico dos dados, foram utilizados como medidas descritivas a Média (M), o Desvio Padrão. Para comparação das médias utilizou-se o T- test com um nível de significância de 0.05.

Verificamos que as bicicletas dos ciclistas das escolas analisadas estão na sua quase totalidade desajustadas tanto na altura do selim como na distância do selim ao guiador o que mostra que os técnicos não revelam particular atenção ao seu ajuste. Isto é particularmente grave no escalão infantil em que o desajuste é grande quer na altura do selim quer na distância do selim ao guiador.

Todo este desajuste encontrado nas bicicletas origina uma má qualidade do ensino dos jovens ciclistas, origina más posturas podendo até desenvolverem problemas de saúde.

Consulte o estudo completo aqui

Anúncios