Fernando Sousa

Personal Fitness Coach

Giro d’Italia, 2008

Deixe um comentário

A luta pelas audiências entre os dois grandes periódicos italianos, “la Gazzetta dello Sport” e o “Corriere de lla Sera,” fez nascer a segunda maior prova do ciclismo mundial. O “Corriere de lla Sera” organizou uma corrida automóvel em Itália que foi um grande sucesso e pensou aproveitar essa experiência para organizar uma grande volta em bicicleta. Mas, a 7 de Agosto de 1908 “la Gazzetta dello Sport” adiantou-se anunciando que iria organizar no ano seguinte o “Primeiro Giro d’Italia” para ciclistas profissionais. Costamagna, Morgagni e Armando Cougnet (foi o director do “Giro” até 1948), foram os seus ideólogos e criadores.

A 13 de Maio de 1909 iniciou-se em Milão o primeiro “Giro”. Partiram 127 corredores para percorrer cerca de 2.500km. Foi o mais curto de todos, com apenas 8 etapas. Apenas 49 corredores terminaram e na frente de todos ficou Luigi Ganna. Ficou com 5.325 liras e na história do “Giro” como o seu primeiro vencedor.

A famosa “maglia rosa”, símbolo do líder do “Giro” surge em 1931. A cor rosa foi escolhida por ser igual à cor das folhas de “la Gazetta dello Sport”.

Em 1933 foi criado o prémio da montanha e o seu primeiro vencedor foi Alfredo Binda, mas a “maglia verde” , o símbolo de líder do prémio da montanha surgiu apenas em 1974. Em 1966 começou a classificação por pontos e em 1970 o líder desta classificação começou a envergar a camisola púrpura.

Carlo Galletti vence em 1910 e 1911, Giovanni Brunero, vence em 1921, 1922 e 1926. Em 1950, o suiço Hugo Koblet torna-se o primeiro não italiano a vencer o “Giro”.

Ao longo dos seus 99 anos muitos foram os vencedores, mas alguns, poucos, repetiram os triunfos e só os grandes campeões alcançaram as 5 vitórias. Alfredo Binda, ganhou em 1925, 1927, 1928, 1929 3 1933. Fausto Coppi, ganhou em 1940, 1947, 1949, 1952 e 1953. Eddy Merckx, ganhou em 1968, 1970, 1972, 1973 e 1974.

Alguns portugueses participaram no “Giro”, Fernando Mendes, Joaquim Agostinho, Américo Silva, Quintino Rodrigues, Joaquim Gomes, Serafim Vieira, Manuel Abreu, Carlos Pinho, Pedro Silva, Orlando Rodrigues e Cândido Barbosa. Mas devo distinguir de um modo especial Acácio da Silva que venceu 5 etapas, conseguiu um 7º lugar e em 1989 andou 2 dias de “rosa” e José Azevedo que em 2001 ficou em 5º lugar. Em 1995 a Sicasal-Acral torna-se a primeira e única equipa a participar no “Giro”.

O 99º “Giro d’Italia” está novamente na estrada à procura do mais forte.

Anúncios

Autor: fmsousa

Mestre em Educação Física e Desporto, ISMAI Licenciado em Educação Física e Desporto, ISMAI Aluno do curso de Reabilitação em Medicina do Exercício e Desporto, FMUP Treinador de Hóquei em Patins (nível III) da Federação Portuguesa de Patinagem; Treinador de Ciclismo (nível III) da Federação Portuguesa de Ciclismo; Treinador de Ginástica Geral do 4º grau da Associação de Ginástica do Norte; Curso de Massagem Desportiva e Terapêutica da Promofitness 4º Kyu da Associação Nacional de Goju-Ryo Karatedo Praticante de Krav Maga Formação em Coaching, PNL e Gestão da Inteligência Emocional Mais de 10 anos como treinador de hóquei em patins Treinador de diversos ciclistas, destacando-se Rui Carneiro, André Vital, Francisco Campos, Ivo Pinheiro e Artur Chaves Treinador de ginástica, futebol, futsal, patinagem de velocidade... Organizador de vários eventos desportivos na CM Lousada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s